13.8.08

COM ENTENDIMENTO


Uma ação para os jovens. Foi essa demanda sugerida pela comunidade que gerou a iniciativa do Instituto Kairós de propiciar uma experiência com comunicação comunitária para os jovens moradores de Macacos, distrito de Nova Lima.

Para o grupo em formação, a necessidade de apresentar caminhos e provocar nos jovens escolhas sobre qual peça de comunicação será interessante desenvolver num projeto de aprendizado e produção prática.

Da minha parte, isso representou a estruturação de um módulo de sensibilização sobre o universo da comunicação para jovens de 15 a 25 anos, para a partir daí eles darem prosseguimento ao trabalho. A proposta da oficina realizada no dia 31 de julho foi apresentar a comunicação nas esferas pessoal e social, revelando alguns produtos, técnicas e responsabilidades próprias do comunicador.

Tudo bem que a “professora” também parecia aluna e realmente tinha a mesma idade de alguns dos presentes no momento. Mas como o que importava lá era a experiência a ser compartilhada, essa aproximação etária acabou contribuindo com o objetivo principal da oficina: sensibilizar.

O ponto de partida foi a abordagem da comunicação na esfera pessoal como uma ação que envolve diretamente as pessoas. A partir da percepção de que todo mundo se interage o tempo todo e que a comunicação é presença marcante na vida em sociedade foi possível apresentar os processos básicos de comunicação, experienciar formas de expressão, chegando à reflexão sobre a influência e o papel da comunicação nas relações sociais, políticas, econômicas e culturais.

Os conceitos apresentados ganharam uma dimensão real com a apresentação de alguns produtos de comunicação analisados conjuntamente, tanto do ponto de vista editorial, estético, como do alcance em diversos públicos, dentre outros aspectos.

A oficina de sensibilização em comunicação foi um novo desdobramento do trabalho que venho desenvolvendo com jovens interessados em se expressar e principalmente em compartilhar informações de interesse coletivo a partir da perspectiva cultural.

Essa experiência serviu para adentrar novos caminhos, mas especialmente para reforçar uma das características da comunicação que considero mais importante: a busca pelo diálogo e o entendimento entre as pessoas.

Essa característica foi um dos pontos centrais da oficina, desafiador tanto pela missão de repassar esse conceito para jovens (em toda a abstração e complexidade que ele sugere), quanto pelo próprio desafio de estruturar uma oficina que promovesse essa percepção.

O olhar atento dos jovens e a interação cada vez maior sugeriram uma conquista desses objetivos que foi possível a partir de recursos como dinâmica de grupos, exposição de materiais, leitura de textos e apostila elaborada especificamente para esse momento.

A oficina de sensibilização foi uma contribuição para a ação desenvolvida pelo Instituto Kairós (lugar que merece ser visitado) que está preparando o grupo Comunica Jovem para desenvolver ações de comunicação comunitária. Alguns conceitos foram lançados para esses jovens em início de “carreira”, especialmente a motivação para que eles busquem transformar suas idéias em realizações, numa busca contínua que naturalmente se repete, não como um círculo que sempre volta ao mesmo lugar, mas como uma espiral em que a próxima volta é sempre em um estágio mais avançado.

Pelo processo vivido e pelos resultados alcançados registro um agradecimento a minha grande irmã da vida inteira Ana Cacá (!) que a partir dos seus conhecimentos de dinâmica e psicologia social me orientou e contribuiu para ricos momentos na oficina. Obrigada também à Associação Imagem Comunitária-AIC pela cessão do programa Rede Jovem de Cidadania. À Rosana Bianchini, coordenadora do Instituto Kairós e especialmente à Flávia Britto (amiguda!) à frente da comunicação e deste trabalho com os jovens, obrigada pelo convite e parabéns pela promissora iniciativa.

2 comentários:

Anderson Ribeiro disse...

Fico feliz quando vejo meus amigos 'Itaú Cultural' desenvolvendo oficinas de comunicação como esta. Parabéns! você enche de orgulho esse amigo aqui. Beijos.

Luiza disse...

Emocionada!
Parabéns demais, Lud!
E obrigada por estar perto.